Sem categoria

NOVEMBRO EM LIVROS

livros de Novembro

Algumas pessoas costumam pedir-me para escrever mais sobre livros porque gostam de saber aquilo que ando a ler. Adoro a curiosidade que sentem em relação ao que leio, a sério! Antes da blogosfera e de começar a partilhar o meu gosto por livros aqui acho que mal havia pessoas na minha vida que me perguntassem o que andava a ler. Bem, talvez o meu tio… mas eu e ele lemos coisas diferentes. Agora há sempre pessoas a perguntar-me o que ando a ler, se já li o livro X, o que achei do livro Y, etc.

Sempre que publico fotografias de livros no Instagram ou nas Stories há alguém a enviar-me mensagens e, como gosto de satisfazer a vossa curiosidade, decidi tentar trazer-vos um resumo do que li este mês… e juntei um livro que reli em Outubro, porque faz parte do #RRSP17 e ainda não tinha falado dele. Já agora, digam-me o que acham deste tipo de publicação! Estou a pensar torná-la regular, para saberem sempre o que ando a ler: o bom, o mau e o mais ou menos.

99 séries de tv para pessoas com pressa, Thomas Wengelewski
99 Séries de TV para Pessoas com Pressa

Comprei este livro há uns meses, por curiosidade. Adoro séries, como devem saber, e achei o conceito de um livro sobre séries. A organização do livro é simples: cada série está resumida numa página, em formato banda desenhada, com uma ou outra piada sobre a história que trata. A maior parte dos resumos é engraçada, mas resultam melhor se já conhecermos a série ou, pelo menos, se tivermos uma ideia daquilo de que fala. Lê-se rápido, tão rápido que até eu fiquei surpreendida!
MKT Digital 360, Vasco Marques

Marketing Digital 360

Comecei a lê-lo em Outubro, mas, como é um daqueles livros de estudo, decidi lê-lo com calma. É um livro para ler com um lápis ou um marcador à mão, porque é impossível lê-lo sem querer marcar as dicas mais importantes ou sem querer escrever algumas notas. Cobre várias áreas importantes do Marketing Digital, com um destaque especial para o vídeo, e deixa boas dicas, úteis tanto a quem não tem bases como a quem já trabalha na área.
Bonfire, Krysten Ritter

Bonfire

Sou fã da Krysten Ritter enquanto actriz (Apartment 23, Jessica Jones), mas não sabia o que esperar da Krysten escritora e fiquei agradavelmente surpreendida! Bonfire é um thriller misterioso e bem construído, em que a certo ponto comecei a duvidar da protagonista. A Abby Williams é advogada e regressa à terra-natal para tentar perceber se uma grande empresa está ou não a contaminar a água local. E ela está convencida de que esse caso está ligado com algo que aconteceu 10 anos antes, quando ela estava no secundário. Quando o livro atinge o clímax a leitura torna-se tão entusiasmante que li a última metade do livro numa tarde. Gosto da forma como as personagens foram construídas e gostei muito do final.

Turtles All The Way Down, John Green

Turtles All The Way Down*
Acho que toda a gente conhece o John Green por A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel. O livro novo dele é melhor do que esses, mas não é o melhor que já li dele. É narrado pela Aza Holmes, que sofre de ansiedade, e a história começa quando ela e a melhor amiga, Daisy, vêem que um milionário desapareceu no dia antes de a polícia ir fazer buscas a casa dele (para o prender) e há uma recompensa a quem o encontrar. A Aza conhecia o filho do milionário e elas vão tentar descobrir o que aconteceu. Gosto da forma como o John Green não se centra tanto nessa parte da história e adorei a forma como a personagem principal foi construída, os pensamentos dela e a ansiedade são muito realistas (às vezes demasiado realistas) e só gostava de que ele tivesse desenvolvido mais algumas coisas na parte mais final do livro.

*em Portugal, o livro foi lançado com o título Mil Vezes Adeus… #lostintranslation


Open, Andre Agassi

Open

Andava há alguns meses com vontade de reler o Open, a biografia do Agassi, e em Setembro decidi pegar nele e lê-lo para o RRSP de Outubro. No entanto, não sabia bem o que escrever sobre o livro porque, na verdade, escrevi sobre ele de forma muito completa no ano passado. Gosto muito do Agassi e gosto ainda mais da honestidade deste livro. Já vos disse que adoro biografias? Bem, adoro biografias!
Manual de Escrita Criativa, João de Mancelos

Manual de Escrita Criativa

Bem-vindos ao livro do RRSP de Novembro! Comprei o Manual de Escrita Criativa há mais de três anos e decidi que estava na altura de o reler, porque tenho andado a escrever mais e é sempre bom lembrar algumas dicas boas. É um livro pequenino, fácil de ler, com dicas simples e que pode ajudar-vos um bocadinho na hora de escrever. Vou incluí-lo também numa publicação sobre escrita que vai sair em breve, por isso estejam atentos!

4 Comentários

  • Reply
    Maria Moreira Rato
    30/11/2017 at 14:15

    Aiiii, ameeeeei! Quero imenso ler o "Turtles All The Way Down" e esse "Manual de Escrita Criativa" parece ser muiiiito interessante 😉

  • Reply
    Joaninha
    30/11/2017 at 16:53

    Gosto mesmo muito deste tipo de publicações, principalmente, quando acabo por adicionar algum livro à minha book wishlist, como aconteceu com os 2 últimos que nos trouxeste hoje.
    Open parece-me ser uma biografia extremamente interessante e gostava de explorar mais isto da escrita criativa. Por isso, talvez dê uma oportunidade a ambos, com especial foco no último.

    Continua com esta temática e com a exploração do assunto. Adoro!
    Beijo gigante.

  • Reply
    Carolayne T. R.
    21/12/2017 at 00:26

    Oba, leste imenso em Novembro! :O Muito bem!! 👏
    Ainda hoje, vi um vídeo sobre o "Bonfire" e fiquei super interessada! Chego aqui, e a vontade aguça!
    Aguardo por mais publicações do género, eheh!

    novo blogue: IMPERIUM

  • Reply
    João de Mancelos
    16/05/2018 at 20:24

    Obrigado, Sofia. Boa escrita!

share your theory

%d bloggers like this: