Sem categoria

UM TEXTO MUITO GENUÍNO

ser ou não ser genuíno
Genuíno (adjectivo) – puro; natural; estreme; sem mistura nem alteração; 
próprio; natural; verdadeiro; legítimo; exacto; franco; sincero.

Escrevo para vos falar de um flagelo que precisa de ser combatido. É um flagelo grave e preocupante, que invadiu as redes sociais e a blogosfera, e é algo que genuinamente me inquieta: as pessoas usam genuíno para descrever tudo e todos. E isto não pode continuar assim! Não pode! Não sabem do que estou a falar? Eis quatro exemplos para ilustrar este texto genuíno:

Blogger: *prepara um post com antecedência, quem sabe até resultado de uma parceria*
Leitor: Uaaaau, que publicação genuína!

Blogger: *diz uma coisa aleatória numa rede social*
Leitor: Uaaaau, que pessoa genuína!

Blogger: *respira*
Leitor: Uaaaau, que atitude genuína!

Blogger: Ai, eu sou muito genuíno(a)!
Eu: Está certo.

Genuíno é agora aquilo que brutal era em 2013 e aquilo que coiso é desde sempre: usa-se para tudo, mesmo que não faça sentido. Se pensarmos nisso, a maior parte das vezes que genuíno é utilizado é para definir algo natural ou sem artifícios. Mas depois usa-se genuíno para definir tudo e mais um par de botas (mas um par de botas genuíno, claro!). Nem tenho a certeza de que todos os que usam a palavra saibam o que ela significa.

Mas não estou aqui genuinamente para vos criticar. Estou aqui para vos alertar, genuinamente, para aquilo que estão a fazer às outras palavras. Quando usam genuíno para tudo, esquecem-se das outras palavras, daquelas que representam realmente o que querem dizer e daquelas que são genuinamente melhores para o que pretendem fazer passar na vossa mensagem. E essas palavras não merecem! Genuinamente não merecem! São palavras tão boas ou melhores do que genuíno e não merecem o tratamento muito pouco genuíno que estão a receber. Eu sei que é brutal usar as palavras da moda, mas coiso. Pensem nas outras palavras. Raciocinem. Reflictam. Cismem. Matutem. Meditem. E parem de se considerarem genuínos. Desculpem a desilusão, mas uma pessoa genuína não diz genuinamente que o é. Espero, genuinamente, que não se esqueçam de usar um dicionário (ou o Priberam, vá) para conseguirem dar sentidos mais genuínos ao que dizem.

Quero aproveitar para agradecer, de forma muito genuína, à Lyne e ao Jota. Sem vocês este texto genuíno não existia. Acreditem que vos digo isto de forma totalmente genuína!

16 Comentários

  • Reply
    Tim
    05/02/2018 at 19:23

    É uma palavra que não uso mt xD mas percebo o teu flagelo

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      05/02/2018 at 22:56

      Estou genuinamente desiludida por não usares esta palavra tão genuína! :c

    • Reply
      Tim
      06/02/2018 at 14:01

      Peço perdão pela minha burrice

  • Reply
    Alive and Fashion
    05/02/2018 at 22:53

    Muito bom!!
    Sabes o que acho? Cada vez as pessoas são menos genuínas. Gostam do que os outros gostam, vestem o que os outros vestem, dizem o que o outros dizem… pior, tenho-me dado conta que escrevem o que os outros escrevem…

    Beijinho
    Carla

  • Reply
    Sofia Ferreira
    05/02/2018 at 23:07

    Genuinamente (xD) não tenho a certeza se uso muito essa palavra, mas dou-me ao trabalho de procurar sinónimos para determinadas palavras até achar aquela que define melhor a ideia que me vai na cabeça.
    Por onde anda a Sofia?Instagram

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      06/02/2018 at 21:57

      Acho genuinamente bom que te dês ao trabalho de procurar sinónimos!

  • Reply
    Joaninha
    06/02/2018 at 16:52

    QUE TEXTO GENUÍNO E GENUINAMENTE BOM. Transmites-te a mensagem e mostraste o quão genuína és.

    Vá, agora, sem brincadeiras… por acaso, creio usar mal esta expressão em determinadas situações, por isso, vou pesquisar melhor sobre este assunto e tentar melhorar.
    Beijinhos 🙂

  • Reply
    Cherry
    06/02/2018 at 21:51

    Este é que é um post verdadeiramente genuíno.
    Acho que sofro um bocado deste mal, por isso ultimamente até tenho tido o cuidado de pesquisar sinónimos para procurar palavras que exprimam melhor aquilo que quero transmitir. Contudo, numa blogosfera em que parece que muitos posts são mais do mesmo, não consigo evitar usar o adjetivo "genuíno" quando me deparo perante algo tão real e relatable.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      08/02/2018 at 21:11

      Quando são genuínos, merecem genuinamente o adjectivo, claro!

  • Reply
    Hellen Henriques
    07/02/2018 at 02:12

    Parece que genuinamente não faço parte deste "grupo", é uma palavra que pouca ou rara vez utilizo no entanto percebo-te lindamente!

    Beijinhos, Hellen ❤
    https://instantesimprovaveis.blogspot.pt

  • Reply
    Carolayne T. R.
    09/02/2018 at 16:07

    AHAHAHAHAHAHAH
    Passei o texto inteiro a rir-me! Genuinamente, obviamente! x)

    LYNE, IMPERIUM

share your theory

%d bloggers like this: