Porto Portugal

Porto Dia 3: Porto para quem tem pressa

17/01/2020
Porto para quem tem pressa

O tempo é subjectivo: um dia pode passar tão rápido que parece uma hora e pode passar tão devagar que parece um mês. Três dias no Porto passaram tão rápido que parecia impossível ser dia de ir embora se ainda mal tinha chegado. No entanto estes três dias fizeram muito por mim. Passaram a correr, mas deixaram-me respirar antes de voltar a sentir um peso tão grande no peito que não o conseguia fazer. No último dia tinha comboio ao fim do dia, por isso o nosso roteiro foi uma espécie de Porto para quem tem pressa: visitámos dois lugares, comemos num sítio novo e passeámos um bocadinho antes de ser hora de ir a casa, descansar um pouco e depois ir embora.

Neste episódio: o segundo melhor lugar do Porto, promessas, a falta de vontade de ir embora e planear regressos.