Livros

O que fazer quando se tem demasiados livros por ler

O que fazer quando se tem demasiados livros por ler

Há uns dias, a Andreia, do As Gavetas da Minha Casa Encantada, partilhou no Instagram uma imagem em que mostrava que tinha apontado todos os livros que tem por ler. Eu, armada em esperta, decidi que ia fazer o mesmo. Não foi a ideia mais iluminada que tive na vida.

À medida que adicionava livros à lista fiquei preocupada comigo e com a minha saúde. Quase quis deitar-me em posição fetal, a respirar para um saco de papel. Depois aguentei. Não te digo o número exacto de livros que tenho por ler por dois motivos: 1) emprestei alguns livros e não tenho a certeza de quais já li; 2) tenho alguma vergonha de dizer o número (que tem três digitos).

Enquanto ia fazendo a contagem também ia falando com a Andreia. No final concluímos que temos tanto por ler que precisamos de fazer algo sobre o assunto. Foi no seguimento dessa conversa que surgiu a ideia de partilharmos algumas dicas sobre o que fazer quando percebemos que temos demasiados livros por ler.

O que fazer quando se tem demasiados livros por ler

Saber exactamente quantos livros estão por ler

Pode parecer uma ideia assustadora e causadora de alguma ansiedade, mas quando vi o número final consegui perceber de quanto tempo precisarei para ler tudo e também me deu uma ideia de quanto tempo posso ficar sem livros novos. Depois, porque dá um gozo do caraças quando começas a riscar livros lá porque já os leste.

Decidir se é tudo para ler

Normalmente, deve ser tudo para ler. No entanto, se tiveres livros por ler há muito tempo pode acontecer perceberes que já não te interessas por aquele género ou autor. No meu caso, só há uns 4 livros que, honestamente, não sei se vou mesmo ler. A parte boa é que não gastei dinheiro com eles, portanto não me sinto assim tão mal. Se tiveres livros que não vais ler então não os incluas na lista e separa-os para poderes vender, dar a amigos ou a instituições e livrarias em segunda mão.

Respirar fundo

Acredita, vais precisar de o fazer.

Prioritarizar

Que livros vais ler primeiro? Que livros achas que vais ler mais rápido? Para mim as prioridades foram divididas facilmente: primeiro tenho os livros para 2020. Já li mais de metade, mas os que falta ler fazem parte das prioridades.

Depois, possíveis livros para os clubes de leitura de que faço parte. Como só faço parte de clubes temáticos, tenho registado hipóteses que assentam nas categorias que faltam e assim já sei que tenho muitas hipóteses pela frente.

Por fim, aqueles livros mais pequenos, que acho que lerei rapidamente. Os calhamaços podem esperar mais um bocadinho. Destes tenho poucos para ler, portanto não será difícil.

Parar de comprar livros

Foi a esta conclusão que chegámos: precisamos de parar de comprar livros. Easier said than done. É preciso saber resistir a promoções e a impulsos e não é fácil. No entanto, tem mesmo de ser. Primeiro, trata de aliviar a lista de livros por ler. Depois, pensa em comprar livros novos.

O nosso desafio

O que eu e a Andreia decidimos fazer foi desafiar-nos a não comprar livros… até Setembro. Começámos o desafio no dia 1 de Maio e decidimos fazê-lo até Setembro porque estamos a contar com a possibilidade de haver Feira do Livro do Porto. Vão ser quatro longos meses, mas depois da contagem que fiz tem mesmo de ser.

Antes de Abril acabar fiz duas encomendas (um livro que sai no fim de Maio e que quero muito ler e outro de que preciso para um projecto que estou a planear) e estava já espera de outra, que tive de fazer para gastar um vale cuja validade estava prestes a terminar. Depois disto cancelei todas as newsletters de livrarias, para não ser tentada por promoções.

Não sei como vai ser este desafio de quatro meses sem comprar livros, no entanto, para me motivar, decidi dar-lhe um twist. Sempre que estiver à beira de quebrar, vou colocar o dinheiro do livro de parte. Como há algo tecnológico que quero comprar acho que vou aguentar-me bem se me mantiver focada naquela compra.

Estou a pensar dar alguns updates, talvez uma vez por mês, para partilhar a luta e manter o foco. Desejem-nos força. Vamos precisar dela!

Lê aqui as dicas da Andreia.

10 Comentários

  • Reply
    L.F. Madeira
    06/05/2020 at 16:22

    Não tenho 3 dígitos, mas contei os meus e tenho 77 em espera na estante (que susto!). Obrigada pelo post, de facto ajuda a colocar os pés no chão.

  • Reply
    Andreia Morais
    06/05/2020 at 19:20

    Respirar fundo parece-me, sempre, o primeiro passo mais sensato. Ainda para mais, depois de fazermos as nossas contas ahahah
    Mas nós vamos conseguir. E, quando dermos por isso, estaremos a passear na Feira do Livro, com uma lista muito menor de livros por ler ??
    «Decidir se é tudo para ler», bem pensado!

    Obrigada pelo desafio ?

  • Reply
    Rafael Vinhas
    06/05/2020 at 21:40

    Também tenho alguns para ler, e como vocês também quero deixar de comprar livros talvez até à feira do livro em Lisboa .

  • Reply
    Os devaneios da Tim
    06/05/2020 at 22:45

    Aqui está um exercício que preciso mesmo de fazer

  • Reply
    Andreia Moita
    10/05/2020 at 19:52

    Não comprar livros é tortura ahah. Comecei a quarentena por ler os que tinha cá em casa à espera de vez. Mas depois quebrei e comprei online. Também tenho alguns por ler, não centenas. Mas usando a tua dica de pensar naqueles que realmente vou ler, confesso que a lista baixa um bocado.

share your theory

%d bloggers like this: