Até Riscar o Disco

Até Riscar o Disco #9

07/06/2020

Tenho de confessar que um dos artistas que mais queria incluir nesta rubrica era o CASUAR:. Conheci o Rui em 2015, num outro projecto musical, mas foi com o projecto a solo, one man band, que a música dele me conquistou e é um orgulho gigante poder dizer que já conversei várias vezes com ele. Na sexta-feira, dia 5, ele editou um EP chamado Tele-existência e eu sabia que finalmente tinha a desculpa certa para te meter a ouvir esta pessoa tão talentosa.

O Rui é multi-instrumentista e usa o conceito de live looping — grava vários instrumentos em tempo real, camada a camada — para criar a sua música. Ao vivo isto é inacreditável e faz-nos ficar completamente embasbacados a olhar para ele, com muitas questões na cabeça, incluindo: como raio é que ele consegue aguentar tanto instrumento ao mesmo tempo?

Se, depois disto, ficares com curiosidade, recomendo muito que ouças os outros trabalhos do CASUAR:, nos quais está uma das minhas músicas preferidas da vida, chamada Fuga (do álbum Game Over). Sobre este Tele-Existência: tem dois temas e foi criado durante este período de confinamento.

Até Riscar o Disco é a nova rubrica do a Sofia world em que vou mostrar aquilo que ando a ouvir e adorar. Pode ser uma música, várias músicas ou mesmo um álbum. A rubrica não tem periodicidade definida, mas tem uma playlist no Spotify.

  • Reply
    Andreia Morais
    07/06/2020 at 21:47

    Já me viciaste 😀
    Confesso que a Acreditaste ainda não me convenceu a 100%, mas adorei a Live On Tape

share your theory

%d bloggers like this: