Sem categoria

BLOG: PORQUÊ CONTINUAR

continuar um blog
Uma das ideias de publicações que mais vejo quando procuro inspiração no Pinterest está relacionada com o porquê de teres criado um blog. Acho que é algo que até pode fazer sentido no início de um blog, quando queremos explicar o nosso propósito, mostrar as nossas razões. Mas durante a jornada é normal darmos por nós a pensar no porquê continuar a ter um blog. Durante os dias em que estive afastada do blog pensei algumas vezes nos meus porquês: o porquê de ter começado e o porquê de ter continuado, de continuar.
Para quem não acompanhou de início, dou-vos um bocadinho de história: comecei a interessar-me por blogs há 10 anos e criei o meu primeiro blog em Março de 2009. Criei-o porque queria partilhar a minha paixão (a escrita) e porque precisava de um refúgio. Esse blog sofreu algumas alterações mas durou até Julho de 2015. Foi quando surgiu este A Sofia World. O motivo, ou melhor, os motivos eram vários: já não me identificava com os conteúdos do blog anterior e queria começar de novo, mas sempre para continuar a partilhar a minha escrita e aquilo de que gosto.

Se já mudou tanto em mim e na minha vida desde 2015, no início deste blog, imaginem quanto mudou desde 2009. Mudou tanto e, como é óbvio, também mudaram alguns dos meus interesses e propósitos. Em vários momentos tive de dar por mim a pensar nos motivos para continuar a escrever aqui. Ainda vale a pena? Por que motivo vale a pena? Mesmo nos momentos mais desinspirados ou com menos tráfego gosto demasiado de criar conteúdo aqui, de escrever sobre as coisas que me interessam. Acho que é um dos motivos que me fazem continuar. Há outros, claro, mas sempre que me sinto mais desanimada aqui lembro-me do porquê de continuar, de como gosto de partilhar coisas mesmo quando são coisas que têm menos visualizações. É um bocadinho como aquilo de que falei num dos Diários de Escrita. Quando temos um propósito, um objectivo e uma paixão por isto é mais fácil lembrá-los quando só apetece fechar tudo e desistir.

Não sei se fazem esse exercício regularmente, mas façam-no. Não precisam de me dizer, mas quais são os vossos motivos para continuar mesmo quando há dias blogosféricos mais difíceis?

6 Comentários

  • Reply
    Joana Sousa
    10/12/2018 at 10:03

    Essa pergunta tem vindo bastante à minha mente nos últimos tempos, graças à pausa que estou a fazer. Dou por mim nos tempos livres a pensar "bem que podia escrever para o blog". Ainda não me mandei a isso, mas acho que aos poucos recomeço a ter essa vontade, portanto o regresso está para breve 🙂 é o nosso espaço de antena, mesmo que ninguém o leia, e é o nosso ponto de partilha quando apetece falar com o mundo. E é tão bom assim!

    Jiji

  • Reply
    Diogo
    10/12/2018 at 11:04

    A paixão pela escrita e saber que, nestes recantos da internet, há pessoas com quem me identifico e levam a continuar são das maiores inspirações e forças para me manter "no ativo". Também comecei perto da tua altura, mas com um propósito completamente diferente. Hoje dou aleluias por me ter deparado com o teu blog e por perceber, que mais importante que o que ele te deu, a forma como a tua escrita se tem transformado e crescido. Por isso sim, a minha paixão está aqui também: quando o amor à palavra é tanto, como não continuar? Há dias difíceis, mas se formos verdadeiros connosco acho que ajuda. Nem sempre… há muitos dias que tal não resulta, mas às vezes sim.

    https://diogoafsimoes.wordpress.com/

  • Reply
    Suspiros da Bea
    10/12/2018 at 14:20

    Acho que principalmente devemos ter orgulho naquilo que fazemos. É isso que me faz continuar.

  • Reply
    Andreia Morais
    10/12/2018 at 20:18

    Quando, a partir de setembro, o meu tempo ficou mais reduzido, uma das primeiras coisas em que pensei foi no blogue e no que sofreria com essa mudança. E dei por mim a questionar-me sobre o mesmo; a perguntar se fazia sentido desdobrar-me para continuar a publicar com regularidade. E a resposta foi um automático sim. Precisamente por esta parte: «gosto demasiado de criar conteúdo aqui, de escrever sobre as coisas que me interessam. Acho que é um dos motivos que me fazem continuar». E enquanto esta vontade existir, não vou a lado algum!

  • Reply
    Mary
    10/12/2018 at 22:08

    Eu acho que o que me faz continuar a ter um blogue e a produzir conteúdo para ele é mesmo a paixão pela escrita, o gostar de partilhar pedaços dos meus dias, das minhas pessoas e falar sobre os meus gostos pessoais. Gosto desta partilha, desta interação e mesmo em alturas de menos visualizações continuo a publicar, porque gosto de escrever.
    É uma questão importante. Enquanto me fizer sentido, com mais ou menos tempo, vou continuar a fazê-lo 🙂

  • Reply
    Cartas da Gleize
    10/12/2018 at 23:16

    Olá. Bom, eu diria que é natural nos ocorrer isso de em um dia ou outro, ou frequentemente, refletirmos sobre isso, de 'por que criamos' e de 'por que mantemos um blog', quais os motivos, as razões… Bom, no meu caso foi também porque eu tenho um sonho, uma aspiração, que é me tornar e seguir carreira de escritora, porque eu amo escrever e amo me expressar por meio das palavras, e foi por isso, por amar escrever e ter vontade de criar conteúdo e (me) lançar na rede, na web, fazer meu nome e deixar minha marca na internet, que eu comecei e sigo tentando me manter através do meu blog. Manter um blog no meu caso, apesar de saber o quanto é difícil conseguir visitas e visualizações, é também para me divulgar como escritora, e isso me motiva muito porque esse é o meu objetivo, a minha meta. E não deveríamos nos preocupar com isso do tráfego, porque pode demorar anos, mas alguém virá e lerá o que publicamos tempos atrás, eu tenho percebido isso, algumas postagens que eu fiz no ano passado, estão sendo vistas agora. Portanto, não deveríamos ter pressa, visualizações nas nossas postagens pode acontecer depois de muito tempo, o que importa, eu acho, é elas serem lidas, independente se logo quando postamos ou depois de muito tempo, o importante é que alguém um dia leia e se sinta privilegiado(a), quem sabe até beneficiado(a) por ter tido a oportunidade de ler ou ter acesso ao que escrevemos. 🙂

    Amei seu texto. ❤

    ~Rose Gleize.

    Venha me fazer uma visita, será muito bem-vinda e muito bem recebida.:
    cartasdagleize.blogspot.com

share your theory

%d bloggers like this: