Sem categoria

UMA DÚZIA DE LIVROS: THE HANDMAID’S TALE

the handmaids tale
Quando decidi participar no Uma Dúzia de Livros soube logo qual o livro que ia escolher para o primeiro mês, em que o objectivo era ler um livro escrito por uma mulher: The Handmaid’s Tale, da Margaret Atwood. Tinha-o comprado há umas semanas, numa promoção da Amazon, e achei que era o livro ideal para começar. Acertei em cheio, mesmo com aquele nó na garganta que chegou em várias partes do livro.

Em The Handmaid’s Tale, uma revolução religiosa mudou os Estados Unidos por completo e o país deixou de existir. Agora chama-se Gilead. Neste novo mundo distópico, a maioria das mulheres (e dos homens) ficou infértil. As mulheres que ainda são férteis passaram a ser Handmaids e o propósito delas é procriar. Mais do que isso, os direitos da população mudaram por completo e coisas tão simples como uma mulher ter uma conta bancária e um emprego deixaram de ser possíveis. As Handmaids são atribuídas a famílias e os nomes verdadeiros delas deixam de importar porque sempre que mudam de família mudam de nome. O nome da personagem principal e narradora da história é Offred – Of Fred. E todas as handmaids têm o mesmo prefixo “of” seguido do nome do Commander da família, como se lhes pertencessem.
A escrita da autora é fluída e, embora haja momentos de fala de uma personagem que não são identificados com aspas ou travessão, é tão fácil entrar na história e ficar maravilhado com a forma como nos sentimos próximos da personagem. Menos fácil é assimilar tudo o que acontece, todos os direitos perdidos e a forma como as mulheres são tratadas. “Menos fácil” é, claro, uma forma de dizer que tive um nó na garganta e que só conseguia pedir ao universo que tal mundo nunca existisse na realidade.
É uma leitura forte, impactante, e que valeu 5 estrelas. Ainda estou a tentar ultrapassar todos os sentimentos relativos ao livro, mas só consigo recomendar-vos que o leiam também. Entretanto, a autora anunciou que em Setembro vai sair uma sequela, passada 15 anos depois do final deste livro. Até lá, vou começar a série também. Adiei muito porque queria ler o livro primeiro e mal posso esperar para ver. 
Título original: The Handmaid’s Tale
Título em português: História de uma Serva 
Autor: Margaret Atwood
Ano: 1985


Uma Dúzia de Livros é um projecto original da Rita da Nova. Podem saber mais aqui.

8 Comentários

  • Reply
    Margarida Póvoa
    21/01/2019 at 20:47

    A minha primeira experiência com a Margaret Atwood e com o trabalho dela foi exactamente com a série. É-me difícil acompanhar uma série, sobretudo se ela ainda estiver a ser lançada; ou porque me esqueço ou porque acabo por perder o interesse. Não foi o caso com The Handmaid's Tale. A série é, sem dúvida, muito boa e desde então que estou desejosa para comprar o livro. E agora que sei que será lançada uma sequela em Setembro, com mais vontade de o ler fico!

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      22/01/2019 at 14:17

      Há algumas diferenças entre o livro e o que já vi da série, mas vale a pena ler!

  • Reply
    Andreia Morais
    21/01/2019 at 22:34

    Quero tanto ler este livro! E a tua review acabou de aguçar ainda mais a minha vontade *-*

  • Reply
    Messy Gazing
    23/01/2019 at 23:34

    Quero muito ler esse livro! Vi ambas as temporadas da série e adorei!! Tornou-se numa das minhas séries favoritas, tenho a certeza que também vais gostar 😉

    Um beijinho,
    MESSY GAZING

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      24/01/2019 at 10:33

      Já terminei a primeira temporada e posso dizer que a série é muito mais forte do que o livro, mas vale muito a pena ler!

  • Reply
    Carolayne T. R.
    28/01/2019 at 15:14

    Nunca li, mas também não lhe sou indiferente, porque ouço falar a toda a hora! Quando ganhar coragem, pego nele!

    LYNE, IMPERIUM BLOG

share your theory

%d bloggers like this: