Sem categoria

FEVEREIRO EM LIVROS

all the little lights - jamie mcguire

Fevereiro começou com uma maratona cinematográfica de Harry Potter (again), numa thread gigante que podem ler no Twitter, e acabou comigo a ter visto quase duas dezenas de filmes. Os grandes culpados deste acontecimento inédito foram os Óscares, já que vi todos os nomeados a melhor filme. Fevereiro também foi o mês de ver o Adrián López marcar um golo à Roma e de ver o Óliver Torres voltar aos golos, quase dois anos depois. Incrível!!! Também houve um conto cheio de reacções maravilhosas. Se ainda não leram, convido-vos a saber mais aqui. A nível de livros também não foi nada mau.


O QUE LI
O primeiro livro que terminei em Fevereiro foi o Sophia of Silicon Valley, da Anna Yen. Era um livro que já tinha começado em Janeiro e acabei por me concentrar para o terminar no início do mês. É a história de Sophia Young, filha de imigrantes do Taiwan, que tenta conseguir ter êxito no amor, na vida pessoal e no trabalho. Tudo isto no mundo de start ups e empresas criativas de Silicon Valley, na Califórnia. Não é um livro espectacular, mas a leitura é agradável.
Logo depois veio o meu livro preferido do mês e, seguramente, uns dos preferidos do ano: Becoming, da Michelle Obama. Já lhe dediquei uma publicação inteirinha, onde podem saber tudo o que achei do livro, mas deixem-me resumir: o livro de memórias da ex-primeira-dama dos Estados Unidos é bastante bom e dá-nos um acesso privilegiado àquela que foi a vida de Michelle muito antes de conhecer Barack e depois de o conhecer. Já a admirava, mas fiquei a admirar ainda mais.
becoming - michelle obama

Para o The Bibliophile Club optei por ler o Hopeless, da Collen Hoover. Tinha-o começado em Janeiro e ficou por terminar por isso juntei o útil ao agradável e lá o consegui ler. É um livro forte, sobre uma rapariga de 17 anos, a Sky, que conhece um rapaz, Holder, e tudo parece muito normal, mas Holder não é quem ela achava ser e daí vem um grande drama. Também escrevi sobre ele, por isso é só virem aqui para saberem mais.

Depois do Becoming, Everything I Never Told You, da Celeste Ng, foi o outro favorito do mês e também a minha escolha para o Uma Dúzia de Livros. É um livro sobre a família Lee, que um dia acorda para perceber que a filha do meio está morta. O livro conta-nos como chegamos àquele ponto, mas também como a família lida com as notícias. Foi um livro muito bom, sobre o qual também escrevi.
Por fim, o meu último livro do mês foi o All The Little Lights, da Jamie McGuire. Para ser totalmente honesta, era um livro sobre o qual não sabia o que esperar. Parece muito previsível ao contar a história de Catherine e Elliot, que se conhecem num Verão, mas Elliot é obrigado a ir embora e não se consegue despedir, deixando Catherine a lidar com notícias muito más. Quando regressa, dois anos depois, Elliot tem de ganhar a confiança de Catherine. Quando parece que está tudo a correr bem, há algo que corre muito mal. Por um lado, acho que demorou demasiado a correr mal. A sério. Para uma sinopse que promete que algo vai correr mal juro que achei que me tinha enganado e nada ia correr mal. Depois, quando eu não sabia se estava a gostar realmente ou não, há um twist que me faz perceber todo o livro de uma outra forma e que vale por tudo o resto. Not bad.
o monte dos vendavais - emily brönte

O QUE COMECEI

Trago já dois livros começados para este mês. Um é O Monte dos Vendavais, da Emily Brönte. Foi a minha escolha para o Uma Dúzia de Livros deste mês e já vou a meio. Até agora estou surpreendida com o quanto estou a gostar.
Também comecei um outro, desta vez sobre fotografia: Read This if You Want to Take Great Photographs of Places, do Henry Carroll. Já o tenho há mais de um ano e meio, garantidamente, mas andava a adiar com a desculpa de que queria ler quando tivesse a colecção completa. Ora, como não vejo jeitos de completar a colecção tão depressa…

PARA MARÇO
O ebook do mês (por agora) vai ser o We Are Okay, da Nina LaCour. Já li umas páginas, na verdade, mas ainda não estou o suficiente dentro da história para saber o que esperar.
Como já vos disse o que estou a ler para um dos clubes de leitura em que participo, deixem-me dizer o que vou ler para o The Bibliophile Club. Escolhi o Still Alice, da Lisa Genova. Se ainda não estão dentro do assunto, saibam qual o tema que escolhemos para este mês!

Lidos noutros meses de 2019:

4 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    01/03/2019 at 23:58

    Fiquei tão feliz pelo Óliver, particularmente. Já merecia *-*
    Quanto a leituras, foi, de facto, um belíssimo mês! Espero que março permaneça no mesmo registo

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      06/03/2019 at 12:58

      Siim! Estava à espera do golo dele desde a final da Taça da Liga! Andei sempre a dizer que ele ia marcar para se redimir 🤷‍♀️🙈

  • Reply
    Patrícia Lobo
    02/03/2019 at 14:17

    Estava curiosa para saber a tua opinião sobre o "All The Little Lights". Exactamente o que senti em relação ao livro. O twist no final foi… wow!
    Boas leituras para este mês 🙂

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      06/03/2019 at 13:01

      O twist foi o que me fez gostar mais. Até àquele momento estava a ser muito "normal" e depois foi uma grande surpresa!

share your theory

%d bloggers like this: