Lisboa

Harry Potter: The Exhibition

Harry Potter the exhibition

Chegou a Portugal, depois de muito tempo de espera, Harry Potter: The Exhibition. Tive a sorte de receber, como prenda de aniversário, um bilhete para ir à exposição e tive o privilégio de o fazer com o Diogo e o Ricardo, logo no primeiro dia. Confesso que tinha algum receio em relação à exposição.

Durante muitos anos, o universo Harry Potter estava presente na minha memória exclusivamente através dos livros. Só aos 17 anos vi um filme completo da saga, só aos 17 anos vi todos os filmes da saga. Culpo os canais portugueses, que exibiam os filmes dobrados, e aquela vez em que apanhei um dos filmes na cena do coro de sapos (ainda hoje desvio o olhar). Talvez por isso, a magia de ver os filmes pela primeira vez está mais presente em mim do que a primeira vez a ler os livros. Adorava ver tudo e ler tudo outra vez pela primeira vez. Por isso, como não sabia o que esperar da exposição, tinha receio de que a exposição não tivesse toda a magia da saga.

Harry Potter: the exhibition - baile

A Exposição

Harry Potter: the exhibition já esteve um pouco por todo o mundo. Dos Estados Unidos à Austrália, do Japão ao Canadá. Depois de várias cidades europeias, como Berlim, Madrid ou Milão, Lisboa acolhe a exposição até dia 8 de Abril de 2020, no Pavilhão de Portugal, na zona do Parque das Nações. É uma exposição maior do que aquilo que eu esperava e a visita durou cerca de uma hora, com tempo para as actividades interactivas, para fotografias e para nos surpreendermos com os mais variados detalhes.

A parte mais inusitada acontece logo no início. Ainda antes da exposição temos a oportunidade de tirar uma fotografia, com varinhas, em fundo verde. No final, podemos escolher o fundo que queremos e comprar a fotografia. Pelo que ouvi comentar no final, custa 12 euros. Isto acontece ainda enquanto esperamos para entrar na exposição propriamente dita. Quando finalmente passamos esta parte, entramos numa sala onde temos todos os cartazes dos filmes. É a partir daí que somos encaminhados para toda a experiência mágica que nos aguarda.

Harry Potter: the exhibition - Ron's bedroom

Welcome to Hogwarts!

A exposição está organizada de uma forma quase linear e com várias espaços limitados para cada momento. Entre o comboio para Hogwarts e o Chapéu Seleccionador, chegamos ao quarto do Ron e do Harry. Nota-se um grande cuidado em incluir os pormenores que moldam as personagens. As varinhas estão incluídas, claro, mas não faltam outros pormenores como a revista de Quidditch, a mala de missangas que a Hermione enfeitiçou de forma a ser extensível ou mesmo o Quibbler que a Luna lê. Além disso, temos ainda as roupas que as personagens usaram e é aí que começamos a ficar impressionados com os tamanhos. Parecem tão maiores nos filmes!

Ao longo da exposição têm várias placas com informações sobre o que estão a ver. Há ainda a hipótese de comprarem um áudio-guia no início da visita e, nesse caso, têm localizações específicas onde devem reproduzir o guia para terem acesso a todas as curiosidades. Mesmo sem guia, Harry Potter: The Exhibition é fácil de acompanhar e ganha pontos com todos os detalhes que por lá se encontram. Um dos meus preferidos? A lista com os nomes de todos os que formaram o Dumbledore’s Army.

Interactividade

A exposição não é só ver e ouvir pormenores. Há toda uma componente interactiva à nossa espera. Temos as mandrágoras à nossa espera na aula de Herbologia, que podemos levantar e ouvir os seus gritos. Mais à frente temos Quidditch e, embora não haja vassouras, podemos lançar quaffles e tentar acertar dentro dos aros. Não estivéssemos nós na zona de Quidditch, temos ainda os equipamentos mais marcantes da saga, até os da Irlanda e da Bulgária. Viktor, I love you, Viktor, I do…

Mesmo ao lado podemos entrar na cabana do Hagrid! É pequena, sim, até porque temos um meio-gigante a ocupar algum espaço, mas a lareira está acesa, o ovo de dragão está na mesa e o sofá gigante está disponível para nos podermos sentar enquanto esperamos que o Hagrid revele tudo o que sabe sobre a Pedra Filosofal.

Vale a pena?

No fim, Harry Potter: The Exhibition é uma exposição completa e mágica. Dá para ver todos os pormenores com calma e é uma experiência que vale a pena. O percurso faz-se em cerca de uma hora e, no final, têm a aguardada guift shop. Não é barata, por isso levem os todos os vossos galeões. Eu comprei um frasco de honeydukes, mas, entre peluches e cachecóis, o que não falta ali são opções tentadoras.

Localização: Pavilhão de Portugal – Alameda dos Oceanos, 1990-221 Lisboa

Horário: De 2.ª a 5.ª feira, das 10h às 19h.
6.ª feira, sábado e domingo, das 10h às 20h30.

Bilheteira: De 2.ª a 6.ª feira, entrada normal – 16€.
Crianças dos 4 aos 12 anos – 12€.
Crianças até 4 anos – entrada gratuita.

Sábado e domingo, entrada normal – 19€.
Crianças dos 4 aos 12 anos – 15€.
Crianças até 4 anos – entrada gratuita.

Há opções de bilhetes-família.

A exposição é acessível a pessoas com mobilidade reduzida e/ou pessoas que se movimentem em cadeira de rodas.
Para saberes mais clica aqui.

6 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    29/11/2019 at 23:13

    Na qualidade de pessoa que está, finalmente, a aventurar-se no universo de Harry Potter, é claro que adorava viver essa experiência. Na impossibilidade de lá ir, senti-me um pouco mais perto com a tua publicação. Obrigada ♥

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      30/11/2019 at 18:50

      Oh, que bom! Fico mesmo feliz por ter transmitido isso e também, claro, por estares a entrar neste universo mágico!

  • Reply
    Mariana Leal
    30/11/2019 at 18:58

    Estou ansiosa por ir lá, acho que vou em Janeiro 😀 Mas agora fiquei surpreendida por a visita só durar 1hora, pensei que fosse uma coisa grande para mais tempo! Mas se a qualidade compensa, então nem me vou preocupar muito com isso :3

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      30/11/2019 at 20:41

      É uma visita sem pressas. Claro que, depois, ainda se passa algum tempo na parte da loja. Não sei se com audio-guia não se tornará um bocadinho mais longa.

  • Reply
    Patrícia Lobo
    01/12/2019 at 20:08

    Vejo a entrada da exposição, todos os dias, quando vou almoçar. Portanto, é um martírio para mim, ahah.
    Estou muito ansiosa para lá ir. Que chega 14 de Dezembro 🤞

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      01/12/2019 at 20:43

      Estou muito ansiosa para saber como correu a tua experiência, porque vai ser mágico!!! 😍

share your theory

%d bloggers like this: