Escrita Reviews de Livros

Alecrim: Escrevemos Porquê?

Alecrim José Vieira

Em Janeiro fui convidada a ler Alecrim, o ebook de José Vieira, o pseudónimo da Teresa Lobo. Como é óbvio, fiquei muito contente por a Teresa confiar em mim e na minha opinião e decidi que iria ler o livro em Fevereiro. No entanto, estava num período entre livros e não me apetecia começar um, mas queria ler qualquer coisa e decidi ir até ao Alecrim. É um livro curto, de sessenta e poucas páginas, por isso aquele bocadinho de leitura antes de dormir acabou por se revelar a altura ideal para o ler todo, de uma assentada.

A história de família

Vou já começar com alguma transparência: este livro é baseado em factos reais, na história de família do autor. É uma história de outros tempos, é certo, mas agarra-nos e deixa-nos a torcer para que a vida de Carlota tenha algo bom, positivo. Carlota cresceu sem amor e aceita uma vida sem amor, até que o amor a encontra. Naquela altura, no entanto, não podia deixar para trás a vida que tinha e começar de novo. Tinha de ficar.

Por ser uma história de família, acredito que não tenha sido fácil escrevê-la e partilhá-la. Mas estou contente por a Teresa o ter feito. Como pontos negativos apenas tenho dois a salientar: primeiro, falta desenvolvimento. Quando estava a ler senti falta de pormenores, de mais história. No entanto acredito que o factor família tenha pesado, porque não é fácil distanciar o suficiente e, ainda assim, não terá sido fácil saber muitos mais pormenores sobre tudo. Em segundo lugar, há algumas gralhas, naturais numa edição de autor. O livro está, aliás, disponível para download gratuito no site da Leya.

Mas afinal... escrevemos porquê?

Quando terminei o livro soube, de imediato, que queria reflectir sobre um assunto em particular, algo que me ocorreu enquanto lia o epílogo. Por que motivo escrevemos? Eu, por exemplo, sempre gostei de histórias, de inventar, de contar, de ler histórias. Mas por vezes tive motivos maiores em certas histórias.

No entanto, haverá melhor e maior motivo do que contar a nossa história ou, neste caso, a história da nossa família? Claro que pode parecer algo estranho: por que raio havemos de contar a nossa história a desconhecidos? Bem… por que raio não havemos de o fazer?

Durante o curso ouvi vários professores falar em histórias para reportagens e sentia-me presa porque não sabia onde raio andavam as tais histórias incríveis que eles diziam que havia em todo o lado. Claro que nem todas dão reportagens jornalísticas, mas há tantas que dão textos magníficos.

Contar a nossa história pode parecer um motivo egoísta, mas não há nada mais altruísta do que partilhar as nossas histórias, na esperança de que alguém as guarde para sempre. Mesmo que esse alguém sejamos nós.

Título original: Alecrim
Autor: José Vieira
Ano: 2020

Download gratuito: Leya

3 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    06/02/2020 at 20:13

    Como já sabes, também tive a oportunidade de ler este eBook (#teamsintonia ahahaha) e, curiosamente, os meus pontos negativos foram os mesmos que enumeraste. Em certas passagens, senti falta de mais detalhes. Depois, em conversa com a autora, percebi a ausência deles. Apesar disso, a história deixa-nos mesmo presos *-*

  • Reply
    Crítica Alecrim – José Vieira
    09/02/2020 at 14:20

    […] Podem encontrar as críticas aqui e aqui. […]

share your theory

%d bloggers like this: