Filmes Reviews de Livros

Livro vs. Filme: P.S. I Still Love You

ps i still love you

FINALMENTE!!! Finalmente chegou o segundo filme da trilogia To All The Boys! Foi preciso esperar mais de um ano e meio, mas o P.S. I Still Love You estreou ontem, dia 12, na Netflix. Tal como no primeiro filme, reli o livro primeiro e hoje vou confrontar os dois.

Já sabes que eu adooooooooro esta trilogia, não fosse o Peter K a minha crush literária há anos. Se quiseres podes ler o livro vs. filme do To All The Boys I’ve Loved Before:

O texto que se segue inclui spoilers sobre o 1.º e o 2.º livro e filmes da trilogia To All The Boys. Se não queres saber o que acontece, podes guardar a publicação para depois.

P.S. I Still Love You, que é como quem diz: Terás sempre o meu coração, Peter K.

Apesar de o 3.º livro ser aquele que considero mais pobre, é o 2.º livro da trilogia que mais me irrita. Principalmente porque sou #teamPeter e na primeira vez que o li reclamei constantemente com a Jenny Han porque parecia estar a querer estragar o Peter K.

No 2.º livro, a Lara Jean e o Peter começam a namorar a sério, com um novo contracto. No entanto, o Peter parece continuar próximo da Gen, o que deixa a LJ dividida sobre como se deve sentir em relação à amizade deles. Entretanto, a LJ começa a fazer voluntariado em Belleview, um lar de idosos, e recebe uma resposta à carta que tinha enviado ao John Ambrose McClaren. Enquanto lida com o facto de estar numa relação pela primeira vez, surge um vídeo viral dela e de Peter (algo que aparece no 1.º filme). Como se fosse pouco, a LJ sabe que Peter lhe está a esconder algo sobre Gen e, ao mesmo tempo, aproxima-se de John Ambrose.

Mas o Peter é o mau da história?

Como já disse, irritei-me muito com a Jenny Han quando li o livro pela primeira vez porque dava a entender que o Peter andava, possivelmente, a trair a LJ e o meu coração não ia aguentar tal coisa. No filme, mudaram algumas coisas. Umas era óbvio que iam ser diferentes, já que o vídeo surge no primeiro filme. Também mudaram o actor que interpreta o John Ambrose. Não é loiro como nos livros, mas é igualmente fofinho.

No filme, no entanto, não há nada que dê a entender que há proximidade entre o Peter e a Gen até à cena em que a LJ vê que estiveram juntos. Teria justificado melhor a situação se isso existisse. No livro há um jogo de Assassins que eu queria muito ter visto no filme. No entanto nem todas as mudanças foram más: há uma conversa entre a LJ e a Gen que vale muito a pena e o Noah é tão querido como Peter K que não há como ficar chateada com ele em qualquer momento.

PS I Still Love You

#TeamPeter vs. #TeamJohn

Não vou ser imparcial, eu sei, mas para mim não é questão de ser o cliché ela ficar com o Peter. O John Ambrose é épico, claro, mas no livro fica sempre aquela ideia de que ele é maravilhoso, sim, mas a LJ só lhe deu atenção porque a Gen quis desviar a Lara Jean do caminho do Peter. Além disso, eu acho que também há outra questão aqui: a pessoa com quem ela devia terminar não é necessariamente a pessoa que ela ama e isso é perfeitamente legítimo. No fundo, o John Ambrose é o rapaz perfeito que merece mais do que ser o número 2.

Aquilo de que mais gostei no filme

  • Os outfits da Lara Jean, obviamente;
  • A cena de abertura (é muito a minha cara);
  • A Kitty a contar a história de como o Peter e a Lara Jean ficaram juntos;
  • A banda sonora (Kill This Love é a minha nova power song);
  • A Chris e o Trevor;
  • O grupo de acappella a cantar Backstreet Boys;
  • A conversa da Gen e da LJ;
  • Ah, quase me esquecia! Peter Kavinsky, Peter Kavinsky, Peter Kavinsky, Peter Kavinsky, Peter Kavinsky.

Aquilo de que menos gostei no filme

  • Não houve o jogo de Assassins;
  • Onde raio está o Josh? Mudou de casa ou assim?
  • Precisamos de mais Kitty!
  • Queria ver o Jamie Fox-Pickle...
  • Também queria mais interacção entre a Kitty e o Peter.

As imagens que ilustram esta publicação são propriedade da Netflix.

3 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    13/02/2020 at 20:56

    Permanece desligada de toda esta história, mas toda a tua análise aguçou-me um pouco mais a vontade de a descobrir. Começando primeiro pelos livros, claro. E, depois, transitar para a adaptação cinematográfica 🙂

  • Reply
    Carolina Pimentel
    14/02/2020 at 16:58

    Ainda não vi o novo filme, mas adorei o primeiro. Ainda não me aventurei na leitura dos livros mas tenho de o fazer. Adorei a review. Beijinho

    bycarolina.pt

  • Reply
    Inês Martins
    16/02/2020 at 12:15

    Faço minhas as tuas palavras. Concordo tanto com aquilo que escreveste que acho que podia ter sido eu a escrever este post ahahah!
    Também adorava que tivessem incluído a parte do jogo neste filme, mas também percebo que tornaria o filme muito extenso. Apesar das pequenas alterações que foram acrescentadas, acho que o filme ficou muito giro.
    Os outfits da LJ são sempre incríveis!!! Adorei ver a Chris e o Trevor juntos e também adorei a cena entre a Gen e a LJ.
    Também queria mais interação entre a Kitty e o Peter, porque essas são algumas das cenas mais queridas e engraçadas, ao mesmo tempo, dos livros!

    https://inescm2.blogspot.com/

share your theory

%d bloggers like this: