Actualidade Tecnologia

Peoople: O que é, experiência na app e “dinheiro fácil”

peoople

Deves ter visto, nas últimas semanas, várias pessoas partilhar uma aplicação chamada Peoople. O Peoople é uma aplicação espanhola que já existe há algum tempo, mas que teve, recentemente, um boom de utilizadores e, acima de tudo de partilhas. Como gosto de experimentar novas redes sociais e tenho um bocadinho de fear of missing out, quis perceber de que trata esta aplicação. Usei-a durante duas semanas e entretanto cancelei a conta, no entanto deu para tirar várias conclusões. Começamos pelo início?

O que é e como funciona o Peoople?

Como já disse é uma aplicação espanhola, criada em 2017, que incentiva os utilizadores a partilhar recomendações. As recomendações são agrupadas em colecções, muito ao estilo do Pinterest. Podes partilhar recomendações de livros, filmes, música, roupa, lugares, etc. Podes adicionar recomendações de outras pessoas às tuas colecções e até colocar gosto (muitos gostos, até) nas recomendações das pessoas que segues.

A tua interacção com as recomendações das pessoas que segues pode, portanto, acontecer de várias formas: 1 – colocar gosto (ou gostos, porque não há limite); 2 – seguir o link deixado na recomendação e comprar o produto; 3 – adicionar a recomendação a uma (ou várias) das tuas pastas.

Além das pessoas que segues, tens um feed onde podes ver recomendações feitas por pessoas que não segues e que a aplicação considera que são relevantes para ti. E ainda procurar recomendações filtradas. Por exemplo: queres encontrar restaurantes bons no Porto. Vais à aba Descobrir, clicas em restaurantes e filtras a pesquisa de forma a só aparecerem restaurantes no Porto.

Os níveis do perfil

Há quatro níveis de perfil no Peoople. O mais básico é o Rookie, segue-se o Influencer, Unicorn e Star. O que difere o Rookie dos restantes é que no Rookie não ganhas dinheiro e nos outros podes ganhar.

Para passares de nível precisas de completar vários desafios, desde visitar a aplicação em x dias a levar a que um determinado número de pessoas adira à aplicação através do teu link. Vamos por partes.

O Rookie é o nível mais básico. Podes criar colecções, seguir pessoas, interagir com recomendações. No fundo, podes fazer quase tudo na aplicação, excepto adicionar uma biografia e ganhar dinheiro.

De Rookie a Influencer

Para passares de Rookie a Influencer precisas de: colocar uma foto de perfil, criar 2 colecções públicas, deixar 20 gostos em recomendações diferentes, alcançar 10 seguidores, visitar a aplicação durante 5 dias seguidos e ter 5 pessoas a aderir à aplicação através do teu link.

De Influencer a Unicorn

Assim que atinges o nível Influencer podes adicionar o teu perfil de Instagram à conta e começar a ganhar dinheiro. A partir de 10€ ganhos podes pedir transferência desse dinheiro para a tua conta. Se para chegar a este nível as tarefas parecem simples, a partir daqui complicam-se.

Para passar de Influencer a Unicorn, precisas de criar 10 colecções públicas, ter 100 pessoas a criar conta na aplicação através do teu perfil, ter 1000 seguidores, ter 20 recomendações com comentários e receber 250 gostos de utilizadores diferentes.

De Unicorn a Star

Quando chegas a Unicorn recebes um pouco mais pelas tuas recomendações e só te resta um nível para estar no grupo mais exclusivo: Star. Pelo que consegui encontrar, para chegar ao nível Star precisas de conseguir 50 mil seguidores, levar 10 mil pessoas a criar conta através do teu link e conseguir 100 mil gostos. Este é mesmo outro nível.

Como se consegue dinheiro?

Pela pesquisa que fiz e pela experiência de outros utilizadores, percebi que os ganhos variam e dependem de alguns factores. O mais óbvio é ganhar dinheiro através de comissões de vendas. Quando adicionas uma recomendação podes ter um link para o site onde se vende. Se alguém comprar através desse link ganhas uma comissão, muito ao estilo dos programas de afiliados a que já estamos habituados.

As comissões não são, no entanto, a única forma de ganhar dinheiro. As interacções com o teu perfil também te ajudam a ganhar dinheiro: visitas ao teu perfil, gostos nas tuas recomendações, as pessoas adicionarem as tuas recomendações às colecções deles e até o número de visualizações da colecção podem ajudar-te a ganhar dinheiro.

Por fim, conseguires trazer pessoas para a aplicação também te pode valer dinheiro, principalmente se conseguires muita gente.

De onde vem o dinheiro?

Não há almoços grátis, portanto é óbvio que o dinheiro não surge por magia. Muitos dos produtos que já existem na aplicação estão ligados a sites específicos, como a Amazon, com os quais a Peoople terá acordos de forma a que as vendas funcionem como nos programas de afiliados.

Além disso, há mesmo casos de marcas que pagam para aparecer na aplicação, logo é assim que a startup se consegue financiar e, assim, pagar aos utilizadores.

Há, ainda, um acordo do Peoople com algumas marcas. Para utilizadores em nível como o Star pode ser possível ver a empresa apostar em ti e servir de intermediário a possíveis trabalhos que desenvolvas com marcas com as quais eles tenham acordo. Isto, claro, é algo para níveis superiores.

Vale a pena criar conta no Peoople?

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena, mas será que vale a pena criar conta no Peoople? Não tenho uma resposta única a dar a esta pergunta, no entanto passei demasiado tempo a experimentar a aplicação e a pesquisar sobre ela para não apresentar os dois lados da moeda.

Em primeiro lugar, é uma plataforma em franco crescimento, principalmente agora que está a tornar-se muito popular em Portugal. A empresa está também a tentar chegar a mercados da América Latina, o que levará a um crescimento ainda maior.

Em segundo lugar, há que ter em conta o propósito da aplicação. Parte-se do princípio que quem cria conta ali quer ganhar dinheiro, visto que estar só no nível Rookie não é assim tão interessante. No entanto, para uma pessoa normal pode não ser assim tão fácil ganhar muito dinheiro.

É por isso que esta resposta se torna complexa. Eu, enquanto pessoa perfeitamente normal e com uma comunidade de seguidores pequena, não acho que valha a pena ter conta lá. É mais uma aplicação onde passar muito tempo que podemos usar para fazer outras coisas melhores e mais importantes.

No entanto, para pessoas acima do nível de micro-influenciador, com uma comunidade capaz de interagir e de comprar o que se recomenda, pode valer a pena dar uma oportunidade à aplicação, partindo do princípio que vão conseguir pelo menos 5 pessoas a criar conta com o link deles.

É para estas pessoas que a aplicação funcionará melhor e permitirá conseguir algum rendimento (até agora não encontrei casos de pessoas que não tenham conseguido levantar o dinheiro, portanto está tudo calmo). Para o resto das pessoas não penso que valha muito a pena investir tempo nesta aplicação porque a probabilidade de conseguirem ganhos é mais baixa se não têm uma comunidade realmente importada com as sugestões que partilham.

Ainda assim, é uma questão de experimentar. Podes não ser propriamente um influenciador (ou micro-influenciador) e dares-te bem na aplicação. De qualquer forma, se quiseres eliminar conta aviso já que não é um processo imediato.

Eu criei conta com o meu e-mail do hotmail, que raramente uso. Quando quis eliminar a conta percebi que a única forma de o fazer é através de e-mail. Então enviei-lhe um. Eles pediram-me o nome de utilizador e o e-mail com que me registei. Só depois disto a conta foi encerrada. No futuro talvez criem algo mais imediato e simples, que não exija e-mails.

Em conclusão

Não queria terminar esta publicação sem uma parte mais de reflexão. Estamos numa época em que ser influencer parece o maior dos objectivos. O Peoople dá essa sensação: qualquer um pode ser influenciador e ganhar dinheiro com isso. Na prática não será bem assim, mas essa falsa sensação de importância não impedirá ninguém de tentar.

Acredito que pode ser uma boa aplicação para algumas pessoas ganharem dinheiro, principalmente quem tiver comunidades maiores. Acho que pode ser interessante experimentar a aplicação e ver se funciona para o que pretendes ou para o que procuras, mas também acho que deves ponderar se vale a pena gastar tempo lá. Para mim não vale.

Espero que tenhas gostado desta publicação. Tentei torná-la o mais completa possível, tendo em conta a minha experiência e a pouca informação disponível online. Espero que seja útil e que te permita compreender como funciona o Peoople.

4 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    04/03/2020 at 20:36

    A app parece-me interessante, mas confesso que não me sinto muito tentada a experimentar, até porque, como também tenho uma comunidade pequena, não fazia assim tanto sentido.

    Achei esta publicação super útil, de coração. Porque, no início, também tentei procurar mais informações e não encontrei assim nada de relevante

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      07/03/2020 at 19:46

      Exactamente o meu dilema: queria perceber mais sobre a aplicação e não conseguia conteúdo que me explicasse tudo o que queria saber, por isso estou mesmo contente por ter passado isso! ?

  • Reply
    Andreia Moita
    05/03/2020 at 00:20

    Hello!
    Muito bom, completo e perfeito para entender o que é e como funciona a app de que toda a gente fala. Ainda não experimentei. Não sei se o vou fazer. Mas ao menos fiquei mais esclarecida com o teu post e concordo contigo quando dizes que cada um deve experimentar e depois decidir se vale a pena para si conforme o seu tempo e objetivos!
    Beijinho, bom trabalho!

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      07/03/2020 at 19:48

      Oh, que bom ter sido esclarecedor! ? Honestamente, é mesmo uma questão de cada um ver se faz sentido.

share your theory

%d bloggers like this: