Reviews de Livros

Debaixo de Algum Céu há muitas histórias para contar

debaixo de alguém céu nuno camarneiro

Há livros que nos conquistam devagarinho, à medida que vamos lendo cada capítulo, que vamos percebendo o que estamos a ler. Debaixo de Algum Céu conquistou-me devagarinho. Comecei por me sentir quase confusa, sem perceber onde é que aquilo ia dar. Depois comecei a sentir-me capaz de pedir mais de cada casa. E, por fim, quando os pontos se ligaram, pousei o livro, incapaz de explicar como é que o livro me tinha arrebatado assim.

Debaixo de Algum Céu: um livro sobre famílias

Quando comecei o livro não consegui cogitar sobre o que ia acontecer ali. Debaixo de Algum Céu traz a história dos habitantes de um prédio, num qualquer lugar junto ao mar, ao longo de uma semana. O narrador vai-nos apresentando cada família que vive nos apartamentos e depois uma das personagens narra uma parte.

No início não percebi como é que a história de cada família se ia ligar, se é que se ia ligar. Foi isso que fez com que o livro me conquistasse devagar. À medida que vamos conhecendo as famílias preocupamo-nos com elas e com o que vai acontecer, mas a certo ponto percebi que aquele livro não se ia desenrolar da mesma forma de outros livros.

Debaixo de Algum Céu é um livro sobre famílias e ao longo daqueles dias mudam muitas coisas na vida de cada uma delas. Mas o que me conquistou foi a narração poética, quase cinematográfica, do narrador principal. A forma como passava de casa em casa, como nos contava o que estava a acontecer, deixou-me agarrada à história.

Não é um livro com uma estrutura totalmente semelhante àquelas a que estamos habituados, mas está construído de uma forma única, exemplar, capaz de nos mostrar, vezes e vezes sem conta, que as melhores histórias são as mais simples e que há um potencial muito grande nas histórias que estão ao nosso lado, talvez debaixo do nosso céu.

Título original: Debaixo de Algum Céu
Autor: Nuno Camarneiro
Ano: 2013

Comprar*: Wook // Wook – livro de bolso

*ao comprares através destes links eu ganho uns cêntimos, que poderei usar para comprar mais livros.

2 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    04/05/2020 at 19:38

    Tornou-se um dos meus livros favoritos, porque a história, aparentemente banal, tocou-me de uma forma que ainda não consigo descrever com total justiça *-*

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      05/05/2020 at 19:50

      Foi isso que me conquistou. Não estava a dar nadinha pela história, de tão simples, e depois arrebatou-me!

share your theory

%d bloggers like this: