Blogosfera

Ainda vale a pena ter um blog? 5 motivos que mostram que sim

ainda vale a pena ter um blog

Há anos que se anuncia a morte dos blogs, no entanto eles continuam por cá. Veio o Youtube, o Instagram, os podcasts e os blogs continuam cá. Ainda não morreram. Mas… será que ainda vale a pena ter um blog? A resposta é óbvia: claro que sim. Achavas que ia dizer o quê? No ano passado trabalhei directamente com os blogs de duas empresas completamente diferentes e só isso mostra o quanto os blogs ainda são importantes.

No entanto, a conversa não fica por aí. Quando decidi que ia voltar a escrever mais sobre blogs a pergunta que mais vezes me veio à mente foi: ainda vale a pena ter um blog? Para mim a resposta era óbvia, mas para os outros? Hoje vou dar-te cinco motivos pelos quais ainda vale a pena ter um blog.

5 motivos pelos quais ainda vale a pena ter um blog

Entras em mais blogs do que te dás conta

Este é um dos motivos que mais vem à conversa quando se fala da importância de um blog para uma empresa: entramos em mais blogs do que aquilo que nos apercebemos. Basta fazeres uma pesquisa no Google para dares por ti a entrar em vários blogs. Seja porque procuras uma receita, dicas sobre um qualquer lugar do mundo ou até porque queres saber se aquele livro que queres comprar é bom. Estamos constantemente a entrar em blogs. Ainda achas que eles estão mortos?

Só com este exemplo consegues perceber que tens, num blog, uma excelente forma de conseguir tráfego e de promover o teu negócio. Desta forma, mostras mais do que os teus produtos, respondes a necessidades dos consumidores e consegues criar uma relação mais próxima com eles. No entanto, não tens necessariamente de ter um negócio para que faça sentido teres um blog.

Não dependes de algoritmos

Em muitas redes sociais não é fácil acompanhar o trabalho desenvolvido pelas pessoas que segues. Ou o algoritmo não colabora ou precisas de activar notificações de todas as contas que te interessam e, sejamos sinceros, não é apelativo estar sempre a receber notificações de publicações de contas.

Ao teres um blog garantes que, com ou sem algoritmo, o teu conteúdo está ali e não dependes da vontade das redes sociais para que ele seja visto, só para o promover. Uma pessoa que goste do teu blog pode tê-lo adicionado a um leitor de feeds RSS (como o Feedly) ou mesmo ter um atalho para ele na barra de navegação, de forma a poder visitá-lo frequentemente.

Tens um espaço para desenvolver os teus pensamentos e ser criativo

Para quem gosta de escrever, ter um blog é a melhor forma de se poder exprimir sem limites de caracteres. A grande vantagem de ter um blog continua a ser aquela que levou milhares de pessoas por todo o mundo a criar um quando os blogs começaram a aparecer: ao teres um blog tens o teu espaço para desenvolveres pensamentos e seres criativo na escrita. Queres melhor?

Com todas as mortes anunciadas acabou por se tornar comum as pessoas estarem constantemente a tentar fazer coisas diferentes e evoluir, o que puxa pela nossa criatividade. Além disso, podes reunir conteúdos que produzes para outras plataformas e aprofundá-los no teu blog.

Podes falar das tuas paixões

Let’s face it: muitas vezes não adoramos propriamente os nossos trabalhos ou temos outros interesses além daqueles com que trabalhamos. Isso torna-se irrelevante num blog porque tens aí a oportunidade de falar das tuas paixões e podes ter algo fora do trabalho que te permita expandir horizontes e preencher alguns vazios deixados pelo trabalho.

Um blog dá-te o espaço necessário para desenvolver e documentar paixões e, quem sabe, encontrar outras pessoas com os mesmos interesses. Porque essa é outra coisa boa sobre blogs: conhecer pessoas.

Dás uso à tua voz

Ganhar voz tem um lado bom e um lado mau, tal como acontece sempre que há liberdade de se dizer o que se quer, no entanto vou considerá-lo como um ponto positivo por um motivo. Muitas pessoas ainda se deparam com uma questão: acho que tenho coisas a dizer, mas não sei onde as dizer e ninguém me vai ouvir. Ao teres um blog resolves logo a maior parte do problema porque é ali que podes dizer o que quer que tenhas a dizer. Ajudas pessoas, dás as tuas opiniões, partilhas parte do teu mundo e mostras que a tua voz tem muito que dizer.

Gostaste deste conteúdo?

Além destes cinco, há muitos outros motivos pelos quais ainda vale a pena ter um blog no entanto aquele que, para mim, prevalece é a paixão. Para mim continua a valer a pena um blog porque quem se mete nisto é por paixão e esta não é das passageiras.

4 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    02/06/2020 at 18:10

    Também ia mencionar a paixão como primeiro motivo [e por motivar os restantes], quer em relação à escrita, quer em relação à troca de ideias/opiniões. Porque crescemos imenso nessa partilha. E tornamo-nos mais criativos!
    O facto de andarem há anos a anunciar a morte dos blogues, mas eles resistirem, só mostra a sua força e pertinência *-*

  • Reply
    Os devaneios da Tim
    03/06/2020 at 15:28

    O blog é sem dúvida um poço de criatividade. É nosso diário online. Não me consigo desfazer dele mas com ele já aprendi tanto 🙂 Tens 5 motivos mas como frisas há muitos mais 😉

  • Reply
    Carolayne T. Ramos
    03/06/2020 at 19:59

    Vou copiar ? Mas fora de brincadeiras, que bela publicação! É daquelas que, não sabendo o porquê, chamam a atenção e significam imenso! Por isso, muiiito obrigada pela partilha! Um outro aspeto maravilhoso de se ter um blogue é isto, o apoio incondicional que, por vezes, damos aos outros sem saber! ?

    LYNE, IMPERIUM BLOG // CONGRESSO BOTÂNICO – PODCAST

  • Reply
    Cherry cherry
    04/06/2020 at 09:53

    Concordo com todas! Os blogs não vão a lado nenhum tão cedo, principalmente pela primeira razão, as pessoas acessam blogs para os mais variados propósitos, sem sequer se aperceberem.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

share your theory

%d bloggers like this: