Tecnologia

Vale a pena comprar a Mi Band 5?

xiaomi mi band 5

Há algum tempo que andava de olho num smartwatch ou numa pulseira de actividade, no entanto havia algo que me impedia de arriscar: os preços. Comecei a estudar a hipótese Xiaomi e pedi ao Diogo que me desse opinião sobre a pulseira que ele tem, a Mi Band 4. Ele disse-me logo que em pouco tempo seria anunciado o modelo seguinte, a Mi Band 5, pelo que decidi esperar.

Como não era uma compra urgente, podia perfeitamente esperar e optar pelo modelo melhor. Já estou a usá-la desde o dia de lançamento (em Julho) e, por ser algo que tem sido extremamente útil, decidi vir falar-te um bocadinho mais sobre este gadget

 

Esta publicação não é patrocinada.

 

O que é a Mi Band?

A Mi Band é a pulseira de actividade da Xiaomi, que, além de monitorizar os passos, te permite aceder a outros modos de treino e ter numa só banda várias informações úteis para perceberes como está a tua saúde.

A Mi Band 5

A Mi Band 5 tem duas versões disponíveis: a versão global e a versão chinesa. Na versão global, a que tenho, tens acesso ao típico relógio com medidor de passos e a onze modos de treino, entre eles caminhada, corrida, yoga ou treino livre. Além disso a pulseira monitoriza o teu sono e os teus batimentos cardíacos 24 horas por dia.

Tens ainda acesso a um medidor de stress e a um guia de exercícios de respiração, que vai de 1 a 5 minutos. Podes receber notificações do telemóvel e definir os teus eventos na pulseira e tens a opção de criar alarmes.

Podes ainda ver as previsões do estado do tempo e monitorizar o teu ciclo menstrual. A Mi Band liga à aplicação Mi Fit, que te permite aceder a todos os dados recolhidos, e inclui a função PAI, de que vou falar ali em baixo.

Podes usar a pulseira como comando para fotografar com o telemóvel. Se estiveres a ouvir música no telemóvel podes controlá-la através da pulseira. Tens relógio mundial, cronómetro, localizador de telemóvel, temporizador, modo silencioso e não incomodar.

Ecrã AMOLED de 1.1 polegadas;
11 modos de exercício: elíptica, remo, salto à corda, yoga, bicicleta estática, passadeira, corrida, caminhada, bicicleta, natação e exercício livre;
Conectividade Bluetooth 5.0 BLE e compatibilidade com Android 4.4 ou superior e iOS 10 ou superior;
Bateria de 125mAh, com uma estimativa de 14 dias de duração;
Pesa 22,1g;
Tem resistência à água até 5ATM (50m);
Carregador magnético.

mi band 5

Como usar a Mi Band 5

Como já deves ter percebido, esta é uma pulseira de actividade para usares sempre, de forma a teres valores mais fidedignos e uma avaliação mais completa. Assim que começas a configurar a pulseira, com ajuda da aplicação Mi Fit, podes escolher em que pulso a vais usar e definir as funções mostradas na pulseira (e em que ordem aparecem) e os alarmes e notificações que pretendes receber.

No meu caso, tenho algumas notificações do telemóvel a ir para a pulseira: o alerta de chamada e de mensagens recebidas e notificações do Google Calendar e do Duolingo (para não me esquecer das aulas). Também recebo uma notificação sempre que alcanço objectivos (que podes definir na aplicação Mi Fit) e um alerta de inactividade, que avisa quando passo uma hora sentada.

Tinha activado notificações de uma aplicação para me lembrar de beber água, mas depois percebi que era incompatível então criei dois eventos na aplicação e agora recebo um alerta duas vezes por dia (a horas definidas por mim) para me lembrar de beber água.

Podes activar o modo de treino assim que vais iniciar a actividade e a pulseira vai cronometrar o tempo de actividade e dizer-te quantas calorias gastaste e qual a frequência cardíaca média e a mais elevada. Tens ainda a hipótese de pedir à pulseira que os detecte automaticamente e, assim, ela avisa-te para que possas iniciar o treino. Eu não tenho este modo activado porque não tenho por hábito registar as caminhadas. Apesar de querer calcular os passos dados, experimentei iniciar treino de caminhada e tornava-se chato porque normalmente, como vou com a Lady, acabo por parar várias vezes e quebrar o ritmo. 

carregador magnético mi band

A bateria

A bateria estimada pela marca é de 14 dias, mas, como é de esperar, essa estimativa depende do uso que lhe é dado. Entre modos de treino, notificações e alarmes, é normal que varie. No meu caso, a duração da bateria anda ali entre os 10 e os 12 dias, o que já considero muito bom.

Há ainda algo a ter conta: o carregamento é feito através de USB (no computador ou num adaptador) e a evolução da Mi Band 4 para a 5 permitiu que o carregador magnético agora fique mais acessível e, por isso, já não é preciso tirar o mostrador da bracelete sempre que tem de se carregar.

Função PAI

Outra novidade da Mi Band 5 é a função PAI. O PAI é um indicador pessoal de actividade fisiológica. O valor do PAI é baseado na frequência cardíaca, intensidade da actividade diária e dados fisiológicos. Esta fórmula resulta de um estudo que a Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia levou a cabo durante 35 anos. As conclusões determinaram que quem tem um valor de PAI acima de 100 reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Funcionalidades

Tal como te disse, a Mi Band inclui algumas funções muito interessantes. Aquela que considero mais fraca é a monitorização do ciclo menstrual. Eu uso a aplicação Clue para o fazer, mas experimentei esta função na pulseira e na Mi Fit e achei-a muito pobre e a precisar de ajustes. A forma de registar os dados não é intuitiva e acabo por não registar os dados ali.

Quanto ao resto das funções valem absolutamente a pena, mas quero falar-te em específico de três delas:

Monitorização de sono

A qualidade do nosso sono é importante para a nossa saúde e a Mi Band tem a capacidade de monitorizar o sono e as sestas que fizermos, tal como podes ver na primeira imagem. Tens acesso à hora a que adormeceste e à hora a que acordaste e podes aceder às fases do teu sono. Neste caso, nesta noite tive 1h28 de sono profundo, 1h16 de REM e 6h06 de sono leve, sem qualquer tempo acordado.

Tendo em conta o teu sono, a aplicação dá-te dicas pré-definidas, como deitares-te mais cedo, praticar exercício físico ou organizar o tempo de descanso.

Indicador de stress

Esta função que determina o nível de stress ajuda-te, em conjunto com outros dados, a perceber o que estará a prejudicar a saúde. Se estiveres com um nível de stress elevado basta acederes à função de respiração e fazeres alguns exercícios, que te vão ajudar a relaxar. Uma ajuda excelente para dias difíceis.

Monitorização da Frequência Cardíaca

Não só para medir a frequência cardíaca durante actividades físicas, mas também ao longo do dia, esta monitorização da frequência cardíaca pode ser muito importante para perceberes como está a tua saúde, tanto por teres a frequência cardíaca muito elevada como por a teres muito baixa.

De acordo com a tua frequência cardíaca em repouso e em actividade podes também tomar algumas medidas para melhorar a tua saúde. Por exemplo, eu notei que o meu ritmo cardíaco baixa quando estou a ler, mas costuma ser mais alto quando estou sentada à secretária.

ecrã mi band

Versão chinesa vs. Versão global

As duas funções da versão chinesa de que talvez se sinta mais falta na versão global são o NFC e o sensor SpO2. O NFC (Near Field Communication) é um sistema de troca de informações sem fios que, entre outras coisas, permite fazer pagamentos. Honestamente não sinto muito falta desta função. O meu telemóvel tem NFC e usei-o uma vez em quase dois anos e meio.

Já o SpO2, que faz medição do oxigénio no sangue, é algo que me fez ponderar a situação, mas acabei por optar por ficar com a versão sem esta medição. É um indicador importante, sim, mas, para já, não fez sentido esperar por uma versão pro ou mandar vir a versão chinesa.

Além destas, a versão chinesa tem integração com a assistente virtual Alexa, algo que, para mim, nunca seria prioritário porque não uso a Alexa.

O que a Mi Band 5 trouxe à minha vida

Dentro do tempo de uso que já tenho, consegui já perceber quais são as grandes vantagens da Mi Band 5 e quais são os pontos fortes que a mesma veio trazer à minha vida.

Em primeiro lugar, incentiva-me a mexer. Apesar de estar habituada a caminhadas, sinto-me com mais vontade de fazer exercício e o alerta de inactividade é uma ajuda excelente porque é o incentivo ideal para me levantar da secretária e ir até ao fundo do corredor.

Em segundo lugar, dá-me dados fidedignos sobre o exercício que faço. A única forma que tinha de monitorizar as caminhadas e o treino era através da aplicação Google Fit no entanto os dados nem sempre eram totalmente correctos e, no caso dos treinos, era difícil ter dados verdadeiros.

Não posso esquecer a ajuda do cronómetro quando se trata de fazer sprints de leitura ou de escrita. Em vez de ter o telemóvel por perto, o que por vezes é uma distracção, coloco o tempo no cronómetro e torna-se mais fácil fazer os sprints descansada.

Por fim, ter as notificações importantes no pulso. Claro que é preciso ter o telemóvel relativamente perto, caso contrário as notificações dele não chegam, mas em vez de ter de verificar o telemóvel quando recebo uma notificação vejo-a na pulseira e só vou ao telemóvel se for algo que precise de uma acção naquele momento.

Em jeito de conclusão...

Honestamente, acho que a Mi Band é uma excelente opção para quem quer uma pulseira de actividade simples, mas não extremamente simples, com outras funções, ao mesmo tempo que tem uma relação qualidade-preço muito boa. 

A Mi Band 5 custa 39,90€, o que considero um preço justo para o que oferece. No entanto, se reparares, dentro do mesmo género de produto os preços costumam ser mais elevados, daí esta ser uma boa opção para quem quer gastar pouco dinheiro mas quer algo mais completo.

Até ao momento estou muito contente com a compra e até tenho mostrado alguns dados de treino no Instagram (@asofiaworld).

2 Comentários

  • Reply
    Andreia Morais
    03/09/2020 at 20:00

    Também ando tentada a investir numa, mas fui sempre adiando por causa dos preços. No entanto, por todas as funcionalidades que tem, esta parece-me excelente!
    Obrigada pela partilha *-*

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      05/09/2020 at 14:17

      Compreendo perfeitamente, porque passei pelo mesmo! De todas as que vi, esta foi a que achei melhor, em preço e em qualidade.

share your theory

%d bloggers like this: