Escrita Música

Playlists Favoritas para Escrever

17/02/2021

Acredito que uma boa playlist ajuda a que nasçam bons textos. A música certa consegue criar o ambiente certo para a escrita e é por isso que hoje te quero falar de algumas das minhas playlists preferidas para escrever.

Escrever em silêncio ou com música de fundo?

Não é uma verdade universal. Todas as pessoas que escrevem dir-te-ão coisas diferentes se lhes perguntares se preferem escrever em silêncio ou com música de fundo. Aliás, basta perguntares se escrevem caso estejam rodeados de outras pessoas ou não.

Durante muitos anos, eu escrevia com a mesma facilidade sozinha ou rodeada de pessoas. Acho que isto acontecia porque eu estava habituada a escrever na escola, no meio das aulas chatas, no polivalente, na biblioteca.

Durante o curso, lembro-me de os meus colegas estranharem o tempo de concentração que eu conseguia ter num dos lugares mais movimentados da Escola Superior de Comunicação Social. Quer fosse a escrever trabalhos, quer fosse a ler textos de alguma cadeira, a minha concentração mantinha-se, mesmo com gente constantemente a passar ou a fazer barulho. Acho que os anos de escrita na escola me deram esta ferramenta.

Agora as coisas já não são bem assim. Acho que ainda consigo escrever com algumas pessoas à minha volta, mas a escrita voltou a ser uma actividade mais solitária e restrita ao meu espaço e é essa solidão que agora me ajuda a escrever melhor.

A única característica transversal em todos estes anos é a música. Sempre escrevi melhor e mais facilmente com música. A música ajuda-me a ser mais criativa, a libertar pensamentos e a dar ritmo ao que escrevo. A banda sonora certa ajuda-me a criar os momentos certos.

As minhas playlists favoritas para escrever

Muitas vezes sei exactamente o tipo de música de que a minha escrita precisa ou então estou tão apegada a um determinado álbum que é simples escolher logo o que ouvir. No entanto, às vezes não sei ao certo o que me apetece ouvir e é aí que recorro a algumas playlists específicas.

Quando estou a escrever uma história mais longa, costumo acabar por criar uma playlist específica para essa história, à medida que a vou construindo, mas não é algo tão linear. Muitas vezes essa banda sonora vem da música que vou ouvindo enquanto escrevo, outras vezes vem da procura por músicas específicas.

Playlists criadas por mim

Dentro das minhas playlists há quatro que, inevitavelmente, acabam por me fazer companhia várias vezes quando estou a escrever. A playlist de música instrumental talvez seja a que me acompanha mais vezes, porque dá outro tipo de concentração quando preciso de me focar mais nas palavras que escrevo e, por isso, não quero estar a ouvir também palavras.

No entanto, acho que a minha preferida para escrever acaba por ser a hauntingly beautiful, porque tem muitas das minhas músicas preferidas e outras tantas que considero apenas excepcionalmente bonitas e, por isso, sinto que ajudam a passar algo para o que escrevo.

Claro que, por vezes, a playlist que mais me apetece ouvir enquanto escrevo é a das músicas para partir o coração, aquelas que por vezes deixam uma lágrima teimosa cair pelo rosto.

No entanto, embora possa parecer, nem só de músicas calmas (e tristes) se faz a escrita. A playlist que tenho para ouvir no carro é versátil ao ponto de me ajudar muitas vezes a dar ritmo à escrita e uso-a muito quando já estou encaminhada na escrita.

Playlists e outras músicas que dão uma ajuda

Quando o Guilherme Geirinhas juntou as músicas que usa no podcast numa playlist descobri um conjunto de músicas que são excelente companhia para a escrita. No entanto, não é comum para mim seguir muitas playlists de outras pessoas.

Apesar disso, há alguns perfis no Spotify que têm playlists com músicas excelentes para roubar para as minhas próprias playlists e por isso dou por mim muitas vezes a ouvir a banda sonora da Inês Mota, a cuscar o que a Karol Pinheiro ouve ou a viver os momentos musicais da Bruna Vieira. Também sigo alguns amigos e conhecidos com quem consigo partilhar gostos musicais e vou tirando ideias do que eles ouvem.

No fundo, desde que haja música haverá facilmente escrita.

Gostaste deste conteúdo?

playlists para escrever
  • Reply
    Andreia Morais
    17/02/2021 at 20:03

    Tenho de ter sempre o Spotify aberto, quando estou a escrever, porque também sinto que me dá outra liberdade criativa e até emocional. Por norma, ou ouço as playlists mensais que vou criando ou escuto algum álbum que me tenha marcado e que sinta que ajuda no processo. A música faz milagres *-*

    Tenho de ir cuscar as tuas!

share your theory

%d bloggers like this: