Retrospectiva Mensal Vida

de maio

04/06/2022

Comecei Maio numa discoteca, com o resto do dia a ser incrível, como acontece sempre que ele passa o dia comigo. Parecia o início de um mês promissor… logo a seguir até passei uns dias em casa, com a Lady, e no final dessa primeira semana o FC Porto foi vencer o Benfica à Luz e, com isso, tornou-se campeão nacional. Há uma vida que queria celebrar o campeonato estando no Porto e foi memorável. Mais tarde no mês havia de conseguir a dobradinha, ao ganhar a Taça de Portugal. Mas voltemos ao campeonato… até porque provavelmente me valeu Covid.

Pois é, Maio foi o mês em que estive uma semana fechada em casa, a dar em louca (quase literalmente), com Covid. Tive sintomas apenas durante uns quatro dias e o cansaço e brain fog desapareceram rápido, felizmente. Mesmo assim, foi uma semana mentalmente complicada… o que não ajudou o resto do mês. Tenho mesmo de ser honesta: Maio foi mentalmente fodido a partir do momento em que me vi fechada num quarto. De repente todas as dúvidas, incertezas, ciúmes… começou tudo a vir à tona e, pior, ficou por cá uns tempos e ia-me fazendo perder uma das melhores coisas que tenho.

Este mês não foi tão produtivo quanto devia ter sido e fez-me sentir em telhados de vidro rachado. Sei que Junho será trabalhoso e complicado, mas, mentalmente, espero que seja melhor. Para já, está a ser.

Favoritos de Maio

Um livro: Os Vampiros, de Filipe Melo e Juan Cavia

Um filme: Iron Man

Uma música: Late Night Talking (Harry Styles) & This Love (Taylor’s Version) (Taylor Swift)

Um momento: o dia 1 e o Campeonato

Uma festa: a Taylor Party

  • Reply
    Andreia Morais
    04/06/2022 at 18:39

    É sempre indescritível celebrar cá. O nosso campeão está de volta, que orgulho <3
    Espero que junho seja mais generoso contigo

share your theory

%d bloggers like this: