The Bibliophile Club

TBC: O Diabo Veste Prada

27/01/2020
O Diabo Veste Prada Lauren Weisberger

Já vi tantas vezes O Diabo Veste Prada que, honestamente, não sei como é que não há, algures num dos meus blogs, nenhum texto sobre ele. Também já tinha lido o livro que inspirou o filme, para aí em 2007 ou 2008. Lembrava-me de que não tinha adorado, mas não me lembrava do que tinha lido. Queria muito reler, para perceber se valia a pena ler o segundo volume, por isso o tema do TBC veio mesmo a calhar.

O tema de Janeiro do The Bibliophile Club era livros adaptados a televisão ou cinema e a minha escolha recaiu no livro que deu origem a um dos filmes que mais vi.

O Diabo Veste Prada... e os anjos?

Presumo que a história não seja desconhecida para muita gente: Andrea “Andy” Sachs acabou a universidade. Quer ser jornalista e escrever para revistas como a The New Yorker. O interesse por moda é praticamente nulo, mas é numa revista de moda que Andy encontra o seu primeiro trabalho: vai ser assistente de Miranda Priestly, a editora-chefe da Runway.

Todos garantem a Andy que um ano ali lhe abrirá portas em todo o lado, mas aquele ano revela-se um pesadelo quando Andy percebe que Miranda não é uma chefe com quem seja fácil lidar. Ao longo da sua passagem pela Runway, Andy vai aprendendo várias coisas sobre moda e o interesse cresce. Com um trabalho complicado, Andy deixa de saber conciliá-lo com amizades e até com o namorado.

No filme temos a Anne Hathaway no papel de Andy e a icónica Meryl Streep no papel de Miranda e esta premissa literária é muito notada, mas nem tudo acontece como no livro… e ainda bem.

Os casos raros em que a adaptação supera o livro

Assim de repente, só me lembro de um caso em que gosto mais do filme do que do livro: The Perks of Being a Wallflower, escrito pelo Stephen Chbosky. Ainda assim, achei o livro muito bom, só que o filme foi mais marcante. No caso d’O Diabo Veste Prada o livro não foi bom.

Em primeiro lugar, não senti empatia com nenhuma personagem. A Andy é péssima, julga muito os outros, ignora completamente as pessoas da sua vida e vive com a melhor amiga, Lily, percebe que ela está com um problema grave e acaba por nunca discutir realmente esse assunto com ela. A Miranda é ainda pior: é uma chefe bully, com a mania de que todas as pessoas são burras e incompetentes, e trata as assistentes mesmo mal. Eu teria desistido.

Há, claro, outras diferenças: o namorado de Andy no livro é professor; a Andy é muito mais próxima da família no livro (e ainda assim passam meses até ela conhecer o sobrinho recém-nascido); Andy e o namorado não vivem juntos.

 

O que mudava... no livro

A falta de empatia sentida pelas personagens foi complicada de gerir. Gostava de que o livro tivesse o mesmo sentido de humor e leveza do filme. Até o final (incluindo a Andy roubar o sonho da Emily) foi preferível no filme, uma vez que mostra como aquele trabalho mudou Andy e como por vezes nos esquecemos de quem somos por medo de enfrentar a pessoa em que nos estamos a tornar.

Título original: Devil Wears Prada
Título em português: O Diabo Veste Prada
Autora: Lauren Weisberger
Ano: 2003 (PT: 2004)

Comprar*: Wook // Book Depository

*ao comprares através destes links eu ganho uns cêntimos, que poderei usar para comprar mais livros.

Título original: Devil Wears Prada
Título em português: O Diabo Veste Prada
Elenco: Anne Hathaway, Meryl Streep, Emily Blunt, Stanley Tucci, Simon Baker
Realizador: David Frankel
Escrito por: Aline Brosh McKenna, baseado no romance de Lauren Weisberge
Ano: 2006

Esta publicação está inserida no The Bibliophile Club, o clube de leitura moderado por mim e pela Carolayne Ramos. Podes saber mais sobre o projecto aqui.

  • Reply
    Andreia Morais
    27/01/2020 at 21:32

    Tenho que rever o filme, porque adorei. O livro nunca li, mas acho que, por incrível que pareça, irei dispensar para não me desiludir :/

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      01/02/2020 at 20:09

      De vez em quando gosto de rever o filme precisamente porque gostei muito dele. O livro acho que não precisas de incluir na tua vida!

  • Reply
    Patrícia Morais
    30/01/2020 at 12:19

    Gostava de ler o livro, mas agora fiquei com o pé atrás

    • Reply
      Sofia Costa Lima
      01/02/2020 at 20:10

      Podes experimentar, mas depois não digas que não avisei!

share your theory

%d bloggers like this: