Reviews de Livros

O Meu Irmão: A complexidade das relações humanas

o meu irmão afonso reis cabral

Aos 24 anos, Afonso Reis Cabral venceu o Prémio Leya com O Meu Irmão. Quando o li, ainda com 24 anos, já mais nos 25, sentia-me muito longe de ganhar prémios, mas não de ler livros vencedores de prémios e foi assim que, em Novembro, escolhi ler o primeiro do Afonso. Foi uma estreia em Prémios Leya e na escrita do Afonso. Por ser um livro vencedor de prémio e por já ter ouvido tantos elogios ao Afonso, mesmo que tentasse fazer uma certa gestão de expectativas era impossível não esperar algo deste livro.

O Meu Irmão: uma história sobre irmãos... e um pouco mais

O Meu Irmão é uma história sobre dois irmãos. O narrador recém-divorciado de 40 anos e o irmão mais novo, Miguel, com Síndrome de Down, que, com a morte dos pais, fica sozinho. O irmão mais velho acaba por decidir tomar conta dele, de forma a tentar salvar a relação que tinham em crianças.

O livro passa-se entre o Porto e a aldeia do interior de Portugal, o que permite ao Afonso retratar a vida no interior de uma forma curiosa e que se assemelha a tantas outras aldeias por esse interior fora. Além disso, a relação entre os dois irmãos é complexa e vamos percebendo, através de várias analepses, como e quando ficou tão complicada.

A complexidade das relações humanas

A complexidade da relação entre estes irmãos é curiosa e evidencia vários sentimentos contraditórios. Eu não tenho irmãos, portanto é impossível compreender esta relação de irmãos em toda a sua essência. No entanto acho que o livro acaba por ir além das relações entre irmãos para chegar às relações entre pessoas. Complexas, contraditórias, estranhas. 

No caso deste livro, os dois irmãos tinham uma relação muito próxima em criança. Depois, com o tempo e com a ida de Miguel para uma instituição, começam a afastar-se. O narrador nunca ultrapassa o facto de deixar de ser o herói do irmão e isso acaba por marcar toda a relação deles e leva à grande acção do livro.

O preconceito para com livros vencedores de prémios

Sinto que há, para muitos, uma certa resistência perante livros escritos para prémios e eu própria também acho que, por vezes, a linguagem é tão rebuscada que dificulta a leitura do livro. Neste caso não senti isso. O livro está escrito de forma apelativa e sem grandes artifícios.

Para mim, foi uma excelente forma de me iniciar na escrita do Afonso, tanto que comprei logo o segundo livro dele. Gostei da forma como ele retratou aquela aldeia do interior e de como conseguiu criar uma relação entre dois irmãos tão diferente daquilo que costumamos ver. O desenrolar da história é bom, mas estas características é que tornaram o livro tão bom.

Título original: O Meu Irmão
Autor: Afonso Reis Cabral
Ano: 2014

Comprar*: Wook

*ao comprares através destes links eu ganho uns cêntimos, que poderei usar para comprar mais livros.

4 Comentários

  • Reply
    Tim
    29/03/2020 at 20:37

    Tenho o livro aqui ainda por ler, mas acho que vou agarrar de vez o livro

  • Reply
    Andreia Morais
    29/03/2020 at 20:50

    Escolhi este livro para o tema de Abril d’ Uma Dúzia de Livros. E, se já estava muito expectante, acabaste de me deixar com ainda mais vontade de o começar *-*

share your theory

%d bloggers like this: