Livros Tecnologia

Goodreads: funcionalidades, como uso e o método de organização

15/05/2020
organização do goodreads

Quando escrevi sobre como organizo as minhas leituras surgiu a ideia de dedicar uma publicação apenas ao meu método de utilização e organização do Goodreads. Apesar de ter criado conta em 2013, só em 2015 comecei a dar-lhe a devida atenção e hoje em dia é uma das minhas plataformas preferidas, por isso faz todo o sentido falar-te mais sobre ela.

O que é o Goodreads?

O Goodreads é uma plataforma de catalogação de livros. Começou entre o final de 2006 e início de 2007 e em 2013 foi comprada pela Amazon. Aqui, os utilizadores pode adicionar livros já existentes às suas listas, adicionar novos livros, avaliar ou comentar os livros que lêem, seguir outros leitores e autores, criar grupos, etc., etc.

A plataforma é mais conhecida pelo Goodreads Reading Challenge, que incentiva os utilizadores a determinar o número de livros que pretendem ler em cada ano, no entanto essa é uma funcionalidade completamente opcional, assim como avaliar ou comentar um livro é opcional.

Além dos leitores, o Goodreads permite aos autores ter conta lá e ter acesso a algumas funcionalidades diferentes. As estruturas da página de autor e da página de leitor diferem, mas a essência é a mesma.

Como utilizo o Goodreads

Apesar de ter o perfil de autor activado, uso muito mais o Goodreads enquanto leitora do que enquanto autora. Enquanto leitora, há várias coisas que gosto de fazer por lá. De vez em quando procuro pessoas para adicionar e adoro ir espreitar os livros que outras pessoas adicionaram.

Costumo interagir regularmente com os updates da página inicial, ou seja, com as actualizações que as pessoas que sigo ou de quem sou amiga vão fazendo. Isto é, para mim, o melhor do Goodreads: interagir e comunicar com outras pessoas que também gostam de ler.

Também participo anualmente no Goodreads Reading Challenge. O número de livros que defino depende sempre um bocadinho. Em 2014, por exemplo, defini 15 livros como meta. Estava na faculdade, não andava a ler muito. Em 2015 desafiei-me a ler 50 e cumpri. Agora defino o número com base naquilo que acho que consigo ler, mas não vivo obcecada com a meta.

Uso muito as estantes, porque adoro ter os livros bem organizados, mas já falamos sobre isso. Gosto de ter o Goodreads sincronizado com o Kindle. Desta forma, quando começo e quando termino um ebook no Kindle, consigo actualizar automaticamente o Goodreads. Com esta sincronização, todas as frases que sublinho e as notas que escrevo nos ebooks ficam disponíveis no Goodreads e posso escolher se quero que sejam públicas ou privadas.

No perfil de autor, costumo ver como andam as avaliações dos meus livros, mas tenho acesso a outras funcionalidades. Ora vê:

Página de autor no Goodreads: vantagens e funcionalidades