Aldeias Históricas Fotografia

Aldeias Históricas de Portugal: Linhares da Beira

20/08/2020
aldeias históricas de portugal linhares da beira

Perto do Castelo de Linhares da Beira, o Waze mandou-nos virar para um caminho de paralelos com uma subida descomunal e eu temi. Não temi pela vida, mas temi pelo nosso Peugeot fraquinho, no qual é preciso realmente meter prego a fundo para que ele não morra em subidas destas. Sobrevivemos à subida e fomos recebidas com muito vento — o normal por aqueles lados.

Depois de termos rumado a Marialva, é altura de te falar da outra Aldeia Histórica que visitámos em 2019: Linhares da Beira. Desta vez o carro ficou mesmo ao lado do Castelo, onde há muito espaço para estacionar, e a entrada foi gratuita.

O Castelo de Linhares da Beira lembrou-me o de Trancoso, pela configuração e pelo facto de, lá dentro, não haver propriamente algo a ver, apenas as vistas, ao contrário do que acontece em Marialva. Linhares tem muito vento, algo que é normal e expectável, não fosse a capital do parapente.

castelo linhares da beira

Linhares da Beira: de vento em popa

Linhares da Beira é uma aldeia pequena do concelho de Celorico da Beira, no distrito da Guarda. De acordo com os Censos de 2011, conta com 259 habitantes, mas foi, em tempos, uma vila e era sede de concelho até o mesmo ser extinto, em 1855.

Linhares da Beira é uma aldeia com uma história rica. Há registos da passagem de povos romanos, visigodos e muçulmanos e até se estima que tenha havido fixação de povos antes dos romanos. No entanto, o ponto principal da história desta aldeia dá-se quando os Cristãos reconquistam estas terras.

O primeiro foral da antiga vila data de 1169 e foi concedido por D. Afonso Henriques. A localização de Linhares era privilegiada e, por isso, importante, uma vez que servia de posto de guarda à Bacia do Mondego. O castelo foi construído numa parte rochosa, em que a altitude chega aos 820 metros de altitude.