Filmes Livros Séries & TV Vida

5×5: 25 ideias de conteúdos para te ocupares enquanto estás em isolamento

14/03/2020
o que fazer em isolamento

Bem, nunca esperei fazer uma publicação onde falasse de quarentena. Na verdade, não vou falar propriamente de quarentena, mas daquilo que podes fazer enquanto estão em isolamento. 

Não percebo a necessidade de gente sem formação e autoridade para tal andar a falar de Coronavirus, a dar opiniões e a partilhar desinformação. Que deixem isso para os profissionais e para os órgãos em que podem confiar: a Organização Mundial de Saúde e a Direcção-Geral de Saúde são as melhores fontes. Lava as mãos, respeita e segue as sugestões que te são dadas pelas autoridades e deixa de lançar o pânico e a desinformação. É ridícula a quantidade de gente, incluindo influenciadores, que tem sido irresponsável com esta questão.

Posto isto, acho que o ideal para quem tem de ficar em casa é aproveitar para fazer outras coisas. A Joana Rita Sousa deixou, no Twitter, uma thread com várias sugestões de coisas a fazer em casa, que tem muitas ideias interessantes. A pensar nisto optei por algo que faz todo o sentido dentro do conteúdo que costumo fazer: 5 sugestões em 4 áreas diferentes e ainda uns extras, com conteúdos que podes explorar enquanto ficas resguardado em casa.

A minha escolha assentou em conteúdos que conheço e recomendo, embora não tenha falado de todos por aqui. Mas, para isto funcionar ainda melhor, desafio-te a partilhar as tuas sugestões nos comentários. Se não chegar para o isolamento, de certeza que será bom ter ideias para outras alturas.

5 Livros

A Grande Magia, de Elizabeth Gilbert

Estar fechado em casa pode ter alguma influência na nossa criatividade e, por isso, a minha primeira sugestão é A Grande Magia, um livro em que a Elizabeth Gilbert fala sobre criatividade. Por aqui, falei dele há dois anos, quando recomendei livros para quem escreve. O título original é Big Magic.

A História de Uma Serva, de Margaret Atwood

A História de Uma Serva foi um dos meus livros preferidos de 2019 e não podia deixar de recomendar a leitura desta distopia da Margaret Atwood. O título original é The Handmaid’s Tale e podes ler o que tive a dizer sobre ele nesta publicação

A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón

Para quem gosta mais de romances, A Sombra do Vento é um dos mais espectaculares que já li. Passado em Barcelona, em 1945, La sombra del viento está tão bem escrito que nos transporta completamente para essa época e pode muito bem ser a companhia de que precisas para o isolamento. Escrevi sobre ele em 2016, aqui.

Breve História de Quase Tudo, de Bill Bryson